Canadá

Ottawa

Ocupa grande parte da América do Norte, é o segundo maior país em área e um dos mais desenvolvidos do mundo. O Canadá é um país bilingue e multirracial, que se encontra dividido em 10 províncias e 3 territórios. De referir que o Canadá é o país com a maior taxa de imigração do mundo, tendo cerca de quatro quintos da sua população a viver a menos de 150 kms da fronteira com os Estados Unidos. A fronteira comum com este país, a sul e noroeste, é a mais longa fronteira terrestre do mundo e mais de 200 mil km completam a costa deste país, delimitado a Este pelo Oceano Atlântico, a Oeste pelo Pacífico.

Vastas florestas, imensos lagos, fiordes, montanhas rochosas, falésias costeiras e inúmeros vulcões ativos são parte da paisagem deste imenso e fascinante país. A abundância de riqueza natural é tal, que a Unesco tem classificadas 9 regiões como Património Natural da Humanidade: os Parques Canadianos das Montanhas Rochosas, nomeadamente o belíssimo Parque Banff, os Parques de Monte Robson e do Monte Assiniboine y Hamber, o Parque Provincial dos Dinossauros (com 60 espécies já descobertas), o Parque Nacional de Gros Morne (na Península de Terra Nova), as falésias e fósseis Joggins, na Nova Escócia, os Parques Nacionais de Miguasha, o Nahanni, o Wood Buffalo, o conjunto de glaciares - Kluane, Wrangell-St Elias, baia Glacier e Tatshenshini, na fronteira com os Estados Unidos, e ainda, o Parque Waterton Glacier, considerado ‘Parque Internacional da Paz’. Para os amantes da Natureza, há mais um local imperdível, as Cascatas do Niágara, entre os lagos Erie e Ontário. Apesar de não serem muito altas, as cataratas são bastante volumosas. A Skylon Tower proporciona a mais alta vista sobre as cataratas canadianas, tendo a particularidade de ter uma vista única também sobre a cidade de Toronto, a mais populosa do país.

Viajando de Oeste para Este, temos belas paisagens da Columbia Britânica, uma província banhada pelo oceano Pacífico e que faz fronteira com os Estados Unidos. Além dos muitos parques naturais, destaque para as cidades de Vancouver e de Vitória. A primeira é apelidada de ‘jóia canadiana do Pacífico’ e apresenta-se com montanhas rochosas, falésias sobre o mar, enseadas e bosques. Com vários miradouros, que dão para apreciar tanto a Natureza como o desenho citadino da metrópole, Vancouver é uma cidade muito visitada. Já Vitória é considerada a cidade mais britânica do país, tanto na arquitetura como nos costumes. Perto de Vitória, destaque ainda para o Arquipélago das Ilhas do Golfo, os muitos parques naturais, o Rio Campbell, capital mundial do salmão, a Ilha de Granville ou o Canyon do Rio Fraser, com a Porta do Inferno, entre outros tesouros naturais e culturais, como SGang Gwaay, que revela marcas da cultura Haida, na ilha Anthony, património da Unesco. Segue-se a província de Alberta, terra de gado e de petróleo, onde se destacam duas cidades: Calgary e Edmontom. Em destaque, a Torre Calgary, com 191 metros, de onde se avistam as Montanhas Rochosas. Já em Edmontom, imperdível, o Forte com o mesmo nome, e a área histórica da cidade. Edmontom alberga ainda o maior complexo comercial do mundo, o West Edmontom Mall. Em Alberta, de realçar um lugar classificado como Património Mundial, o Precipício de Bisontes Head-Smashed-In. Aqui, os animais eram atirados e mortos pela população indígena. O local ainda hoje tem importância espiritual para os descendentes da nação índia de Blackfoot. A província seguinte, Saskatchewan, uma zona de bosques e de grandes pradarias percorridas por manadas de búfalos. Regina é uma das cidades principais, com vários locais para visitar, nomeadamente, o Lago Artificial. Ainda nesta província podem visitar-se os Parques Naturais de Grasslands e do Prince Albert.

Continuando para Este, Manitoba, é uma região de muitos lagos, em que destacam as cidades de Winnipeg, de grande importância arquitetónica, onde se encontra a Casa da Moeda, ao pé da Baía de Hudson. Chamada de ‘capital dos ursos polares’, nesta cidade podem apreciar-se os belos lagos com paisagens únicas, observar baleias ou, ainda, ver uma aurora boreal. Toronto, a cidade mais populosa do Canadá e também a capital da província de Ontário, é onde se nota maior mistura de gentes, de nacionalidades e de modos de vida. O ponto turístico mais importante é CN Tower, uma colossal torre de comunicações com 553 m de altura, uma das mais altas do mundo. Valem também uma visita, vários museus e galerias de arte, o porto (com os famosos barcos que ligam a cidade às ilhas), o Forte York, os bairros, as ruas movimentadas e os edifícios, uma mistura de arquitetura antiga e Art déco.  Ainda na província de Ontário encontramos a capital do Canadá, Otava. Os edifícios governamentais, nomeadamente o Parlamento, bem como os vários parques que se situam na cidade são os principais pontos turísticos. O maior atrativo é, contudo, o canal Rideau, que corta a cidade ao meio. Património da Unesco, o canal está ladeado de parques, trilhas e ruas arborizadas e tem a particularidade de ser navegável no Verão e de, no Inverno, se converter na maior pista de gelo do mundo, com 200 kms.

A Este de Ontário encontramos a província do Quebec, a zona mais francesa na América, dividida em 4 regiões. Montreal é uma das cidades principais do Quebec e é conhecida por ter mais de 400 igrejas. Os bairros típicos, as ruas luxuosas recheadas de lojas, os parques verdes e sobretudo a Basílica de Notre-Dame são os locais mais fascinantes da cidade, com uma zona antiga de grande importância histórica. Com fortificações, portas, muralhas, conventos e o Castelo Frontenac, o centro histórico da cidade do Quebec é Património da Unesco e mais um local imperdível. Caminhando para o extremo leste do país, encontramos New Brunswick, com três cidades em destaque, Fredericton, Saint John, e Moncton, onde se destaca a colina magnética, que dá a ilusão de os carros ao descer começarem a subir a colina. A separar as províncias de New Brunswick e Nova Escócia, temos a Baía de Fundy, a qual apresenta as maiores variações de maré do mundo, que podem superar os 10 metros. Na Nova Escócia, há que dar destaque à cidade velha de Lunenburg, um exemplo perfeito da paisagem britânica pelo território. Também nesta província encontramos Halifax e Peggy’s Cove, a pitoresca vila de pescadores mais fotografada do Canada, muito apreciada pelos turistas. Realce também para a Ilha do Príncipe Eduardo, com praias a Norte e casas de estilo vitoriano, bem como Charlottetown. Terra Nova é a 15ª maior ilha do mundo. Lagos, pântanos, floresta tropical e fiordes preenchem a paisagem de Terra Nova e Labrador, já no Atlântico. É também na Terra Nova que se encontram as marcas da paisagem dos vikings pelo território canadiano, nomeadamente ruínas de construções, túmulos e outros edifícios semelhantes aos encontrados na Gronelândia e na Islândia. Também este local é Património da Unesco.

Além das províncias, mais a Sul, o Norte do Canadá preenche-se com os três territórios, Yukon, cujo nome advém do rio com o mesmo nome, os Territórios do Nordeste, cuja cidade principal é Yellowknife, local onde ainda se falam várias línguas indígenas, e ocupando a quase totalidade do Arquipélago Ártico Canadiano, Nunavut, cuja densidade populacional é muito baixa mas a beleza natural enorme, preenchida por lagos tundra e pelo deserto ártico. Ao contrário do que acontece a Norte, é no Sul que está grande parte da população. Para melhor conhecer a imensidão do país, uma das opções é a rede ferroviária. Com mais de 80 mil kms, o caminho-de-ferro transcontinental Canadian Pacific Railway, construído entre 1881 e 1885, liga o leste do Canadá e a British Columbia. Permite uma viagem confortável, com a particularidade de passar em zonas fascinantes do país, podemos consultar diferentes itinerários na Trans Canada. Quem optar pelo automóvel ou autocarro, imperdível fazer a Trans-Canadian, considerada a maior estrada nacional do planeta, que atravessa as 10 províncias e forma um roteiro de 8.030 kms.

Passeios pelos bosques, excursões pelas lagoas e rios, observação de glaciares e vales profundos, incursões a bordo de navios para observar as formações rochosas, baleias e outros animais marinhos, pequenos safaris pelos bosques, são algumas atividades que o Canadá proporciona. Também as suas cidades cosmopolitas, os parques naturais de beleza extrema, os vestígios da época colonial e as paisagens a perder de vista, fazem deste país  não apenas um país grande, mas um grande país, eleito por muitos como um dos países do mundo com mais qualidade de vida.

Canadá
  • Canadá (CAN)
  • Capital: Otava
  • Região: Americas (Northern America)
  • Fuso Horário: -08:00, -07:00, -06:00, -05:00, -04:00, -03:30
  • Denominação: Canadian
  • Area: 9 984 670 km2
  • Fronteira com:
    USA
  • População: 36 155 487
  • Lingua: English, French
  • Moeda: Canadian dollar
  • Internet: .ca
  • Telefone: +1

Vídeos