Panamá

Panama City

Localizado na faixa mais estreita da América Central, o Panamá é considerado a porta do mundo, por ligar o oceano Atlântico ao Pacífico, através do Canal que divide o país. O Panamá está cada vez mais na rota do turismo internacional, oferecendo belas praias, uma fauna e flora riquíssimas e também importantes marcas do passado.

Com uma fauna e flora ricas, o país é sobretudo notável no tocante às espécies marinhas, que podem ser admiradas nas muitas praias famosas e ilhas do país, localizadas tanto no Pacífico como no mar das Caraíbas. A uma hora de lancha da capital, encontramos a ilha Taboga, marcadamente de estilo colonial e ideal para a prática de desportos náuticos. Um pouco mais afastado, localiza-se o arquipélago das Pérolas, mais de 100 ilhas com bosques e águas calmas. Golfinhos e aves são as principais espécies que aqui podem ser encontradas. No extremo ocidental do Panamá, fronteira com a Costa Rica, destaque para a província de Bocas del Toro, onde se localiza o parque nacional La Amistad, Património da Unesco. As belas praias, um ecossistema singular, os povoados indígenas, a proximidade das ilhas de Colombo, ilhas Sapatilhas e ilhas de Mangue e a queda rochosa Wild Cane Key são os atrativos da região. Já na província de Chiriquí, destaque para o vulcão Baru, o povoado pitoresco Boquete e o Porto de Armuelles. A sudeste, já em águas do Pacífico, encontramos o parque nacional da ilha Coiba, Património da Unesco, sendo 75% da ilha coberta de floresta.

A Cidade do Panamá, a capital, é uma cidade cosmopolita, com três zonas distantes. A Panamá Viejo, considerada Património da Unesco, onde se encontram as ruínas de uma cidade saqueada por piratas. Outra área com bairros característicos e monumentos com marcas da ocupação espanhola. E uma terceira zona mais moderna, com grandes edifícios, hotéis, casinos e vários museus. O Canal do Panamá é talvez o local mais visitado pelos turistas. Nele passam anualmente cerca de 14 mil embarcações. Junto ao Canal, encontramos as Represas de Miraflores, a Ponte das Américas, o Cerro de Contratista, o Cerro Azul. No Centro do país, destaque para a província do Colón, já com abertura marítima para o Mar das Caraíbas. As praias da cidade de Colón são das favoritas dos turistas, destacando-se Portobello e San Lorenzo, com fortificações classificadas pela Unesco. Quase desabitadas, as ilhas do arquipélago de San Blas, 365 ilhas coralinas de uma beleza rara. Porvenir, Tigre e Pargo são algumas das mais famosas do arquipélago. Caminhando para a fronteira com a Colômbia, destaque para La Palma, com vários povoados indígenas e um forte espanhol interessante e, já mesmo na fronteira, a região de Darién, mais um local Património Mundial, o parque nacional Darién. Aqui encontra-se um pouco do que o Panamá conserva, com exclusão das praias: belas espécies animais e vegetais, cascatas, florestas exuberantes e vários povos indígenas, nomeadamente os Embera, os Wounan e os Kuna, que dão um toque ancestral a um país que se moderniza a passos largos.

Panamá

  • Panamá (PAN)
  • Capital: Cidade do Panamá
  • Região: Americas (Central America)
  • Fuso Horário: -05:00
  • Denominação: Panamanian
  • Area: 75,417 km2
  • Fronteira com:
    COL, CRI
  • População: 3,814,672
  • Lingua: Spanish
  • Moeda: Panamanian balboa
  • Internet: .pa
  • Telefone: +507