Guadalupe

Basse-Terre

Guadalupe, é um grupo de ilhas franceas, no Mar das Caraíbas que pertencem ao DOM (departamento ultramarino). Estão situadas ao Sul de Antígua e Barbuda e Montserrat, e ao Norte da Dominica. Apesar do francês ser a língua oficial e o inglês ser vulgarmente falado nas zonas turísticas, é a língua crioula que é mais usada no quotidiano. A economia da ilha é baseada na agricultura com cana-de-açúcar, bananas e frutas tropicais, embora o turismo assuma grande relevância. 

A ilha principal de Guadalupe, com 1433 km2, é na verdade composta por duas ilhas: Basse-Terre e Grande-Terre, separadas por um estreito de 200 m de largura, mas unidas por duas pontes. As duas ilhas são muito diferentes entre elas: Basse-Terre com 838 km², a maior e a mais montanhosa das duas, é de origem vulcânica e sua montanha mais alta, o Soufrière com 1467 m, é um vulcão ativo, onde está situada a capital Basse-Terre. A segunda maior ilha e mais populosa, Grande-Terre, com 595 km², é de calcário e plana, onde se situa Pointe-à-Pitre, considerada a capital económica, aqui está concentrado grande parte do comércio, bem como localizado o Porto de Guadalupe, onde aportam inúmeros navios de cruzeiro e de onde são exportados os principais produtos da ilha: café, cacau e banana. Localizado a poucos quilómetros desta cidade existe também um grande aeroporto internacional. Esta cidade para além de ser um entreposto comercial destaca-se ainda pelo seu património histórico e cultural. Os locais de maior interesse, merecedores de uma visita são o Museu Schoelcher que presta homenagem ao escritor abolicionista francês, e o Museu Memorial ACTe, um memorial às milhares de vidas destruídas pelo tráfico de escravos, e o Forte Delgrès, erguido no século XVII. A arquitetura colonial preenche boa parte da região urbana e rural. Também é possível apreciar quedas de água, cascatas, reservas naturais, plantações de café e cacau, parques arqueológicos. A parte costeira oferece praias de areias de várias tonalidades. Ainda a destacar a Réserve Cousteau, um parque submarino de renome internacional. Corais, tartarugas e até baleias são avistadas na área de preservação marinha que engloba as praias de Malendure à Bouillante. Para lá das duas ilhas principais, existem ainda as pequenas ilhas nos arredores: La Désirade, agora considerada uma reserva natural nacional, desde 1993; a Marie-Galante, com praias selvagens, distilarias de rum e o maior festival musical de toda a ilha, o Terre de Blues. Vale destacar ainda Les Saintes, um arquipélago com vilas charmosas, um imponente forte napoleônico, lindas baías e muitas praias. 

Explorar a natureza das ilhas, ricas em biodiversidade e tesouros arqueológicos, reduto de falésias monumentais com vistas inesquecíveis, desfrutar de praias paradisíacas com uma vida marinha riquíssima, saborear os ritmos e a gastronomia destes lugares, são atributos mais que suficientes para colocar Guadalupe na lista dos lugares de eleição.

.

Guadalupe
  • Guadalupe (GLP)
  • Capital: Basse-Terre
  • Região: Americas (Caribbean)
  • Fuso Horário: -04:00
  • Denominação: Guadeloupian
  • Area: 1 629 km2
  • População: 400 132
  • Lingua: French
  • Moeda: Euro
  • Internet: .gp
  • Telefone: +590