Martinica

Fort-de-France

Banhada a Oeste pelo Mar das Caraíbas e a Leste pelo Oceano Atlântico, a ilha de Martinica, ocupada pelos franceses em 1635, é um território insular francês com 1080 km², onde não faltam paisagens idílicas e luxuosas, atraindo e encantando turistas o ano inteiro. Esta ilha é um dos cinco Departamentos Ultramarinos - DOM, o que lhe confere uma grande autonomia dentro do estado francês. Os outros quatro são: Guadalupe, Reunião, Mayotte e Guiana Francesa.

O Norte da Ilha é coberto por uma exuberante vegetação. Atividades como andar de bicicleta, passear a cavalo e caminhar são as mais frequentes. A Sul da ilha encontra-se um paraíso de areias brancas e águas quentes. Para os que gostam de aproveitar o calor, as praias desta parte da ilha são imperdíveis. É, sem exagero, uma imagem de cartão postal perfeita. Aqui também são praticados desportos ao ar livre, especialmente os aquáticos, entre os quais, o kitesurf, mergulho, moto de água e canoagem. Martinica é uma ilha vulcânica com risco sísmico e o seu ponto mais alto é o Monte Pelée, com 1397 m. Pelée é um vulcão que em 1902 destruiu a cidade de Saint-Pierre, à data a mais importante cidade da ilha. Foi uma das erupções mais devastadoras que se tem conhecimento deixando provocando cerca de 30 000 mortos. Desde essa data, 1902, Fort-de-France, situada na costa oeste de Martinica, passou a ser a nova capital. Considerada a cidade mais populosa e a cidade mais francesa fora de França, é um porto com grande movimento comercial e turístico. Dadas as excelentes infraestruturas o turismo tem vindo a assumir cada vez maior importância nesta ilha. Quem a visitar e perceberá a riqueza da sua cultura e a sua irresistível gastronomia, cujos sabores únicos e variados advém das suas especiarias que são os verdadeiros aromas da ilha: a canela, a baunilha e a noz-moscada. Pointe du Bout, onde estão localizados os maiores resorts da ilha, tem algumas praias que são muito populares entre os turistas. A melhor opção, no entanto, é ir para o sul até a Diamond Beach, que tem palmeiras e muito espaço para banhos de sol e desportos aquáticos. A sudeste da Diamond Beach, a aldeia de Ste. Luce é conhecida pelas praias de areia branca, e no extremo Sul da ilha fica a cidade de Ste. Anne, onde se encontram as praias de Cap Chevalier e Plage de Salines, duas das mais belas praias da ilha. Uma curiosidade histórica sobre esta ilha. A sua mais ilustre filha foi a primeira mulher do imperador Napoleão I, a imperatriz Josefine de Beauharnais

Île aux fleurs, tradução do nome Martinica, resume esta ilha de belezas e riquezas naturais e de habitantes acolhedores. De fato, a alegria de viver, a fauna e flora luxuriante e um mar indescritível faz dessa ilha um verdadeiro paraíso na terra, um encanto para os olhos e para a alma!

Ver foto

Martinica
  • Martinica (MTQ)
  • Capital: Fort-de-France
  • Região: Americas (Caribbean)
  • Fuso Horário: -04:00
  • Denominação: French
  • Area: 1 100 km2
  • População: 378 243
  • Lingua: French
  • Moeda: Euro
  • Internet: .mq
  • Telefone: +596