Nagorno-Karabakh

Stepanakert

Enclave do Azerbaijão, Nagorno-Karabakh é uma região governada pela República de Artsaque, não reconhecida internacionalmente. O território, situado ao longo das montanhas do Pequeno Cáucaso, tem sido palco de disputas entre arménios e azeris, mesmo após a guerra que ditou a proclamação da independência da região, em 1994.

Stepanakert é a capital do “país que não existe”. A cidade tem como principais atrativos o Palácio Presidencial, a Assembleia Nacional, a Igreja de Saint James, a Catedral, a Galeria Nacional, Museu do Estado Artsaque, o sombrio Museu dos Soldados Caídos, o Monumento “Somos as Nossas Montanhas” e o colorido Mercado. Próximo de Stepanakert há outros locais que merecem uma visita: o Mosteiro Dadivank, o Forte Berd Kunk, o Mosteiro Andaberd, o Forte Levonaberd e o Mosteiro Amaras (na povoação de Sos). Shusha destaca-se em Nagorno-Karabakh. A cidade foi um importante resort de montanha e, neste momento, tenta-se que se volte a abrir ao turismo. A Catedral Ghazanchetsots, a Igreja de Kanachzham, a Mesquita Yukhari Gouhar Agha, o Forte, o Museu de História e a Casa Natavan são alguns trunfos desta cidade para voltar a chamar a si visitantes.

Vank, uma povoação com um importante mosteiro, e Agdam, uma cidade fantasma completamente destruída onde é proibido entrar, são outros locais de destaque neste território que ainda não se pacificou. Apesar do cessar-fogo acordado entre a Arménia e o Azerbaijão, a situação política da Transcaucásia continua instável, tendo provocado ao longo das décadas milhares de mortos e refugiados.

Nagorno-Karabakh
  • Nagorno-Karabakh (ARMN)
  • Região: Europe (Eastern Europe)
  • Fuso Horário: +04:00
  • Denominação: Artsakhs
  • Area: 4 388 km2
  • População: 158 000
  • Lingua: Arménio
  • Moeda: Armenian dram
  • Internet: .am
  • Telefone: +374