Ilhas Marianas

Saipan

As Ilhas Marianas, com excepção da ilha de Guam, que é um território não incorporado dos Estados Unidos da América, formam as Marianas Setentrionais, um “Estado Livre Associado”, também dependentes dos Estados Unidos. Estão localizadas no Oceano Pacífico Ocidental, a leste das Filipinas, a sul do Japão e a norte das Ilhas Carolinas. A capital é a cidade de Garapan, localizada na ilha de Saipan.

O arquipélago é composto por 14 ilhas de coral e ilhas vulcânicas, um exemplo clássico de um arco vulcânico. As principais ilhas são: Saipan, a maior e mais desenvolvida, Tinian, Rota, Pagan e Anatahan. Há ainda vulcões ativos nas ilhas de Anatahan, Pagan e Agrihan. Atualmente as ilhas permanentemente habitadas são as de Saipan, onde habita mais de 90% da população total das Marianas Setentrionais, e as ilhas de Tinian e Rota. As ilhas de Agrihan e Pagan, antes habitadas, foram evacuadas devido a erupções vulcânicas contínuas. O recurso económico principal das Marianas Setentrionais é o turismo. Os resorts e country clubs destas Ilhas são muito mais do que instalações balneares elegantes, eles são os portões de entrada da vibrante vida ao ar livre e espírito urbano do território. Também o passado histórico da ilha, principalmente a cultura indígena Chamorra, está presente em todos os lugares. Os festivais de primavera e verão San Vicente Fiesta e San Antonio Festival dão a conhecer a música, dança e culinária das gentes destas ilhas. Os amantes de história também encontram nas Ilhas Marianas Setentrionais  muitos edifícios e tesouros ligados a cultura das ilhas e da história mais recente, ligados a Segunda Guerra Mundial, excepcionalmente preservados. No arquipélago ainda existem muitos bunkers da Segunda Guerra Mundial, que fazem agora parte dos "parques da Guerra do Pacifico" e pertencem ao Serviço Nacional de Parques dos Estados Unidos. A ilha de Saipan está repleta de lugares históricos. Há sinais das antigas civilizações Chamorro  nos pictogramas da Kalabera Cave e nas ruínas de uma vila de Agingan Beach. Também foi em Agingan que um galeão espanhol afundou no século XVII. A história da Segunda Guerra Mundial também está por toda parte, inclusive na Micro Beach, onde há diversos abrigos e memoriais. O parque Last Command Post acolhe o que sobrou de um abrigo no penhasco que os japoneses usavam para se defenderem contra a invasão dos Estados Unidos. No extremo norte de Saipan podem ser visitados dois memoriais, o Banzai Cliff e o Suicide Cliff. Daqui, soldados e famílias japoneses cometeram suicídio saltando dos penhascos para o oceano, receando serem capturados pelas forças americanas. Mas os visitantes tem outras opções para relaxar e desfrutar da beleza das ilha. Podem escolher destinos para nadar, praticar mergulho com snorkel, além de aproveitar para fazer um piquenique na Obyan Beach ou Pau Pau Beach, caminhar pelos bancos de areia da Micro Beach ou apanhar conchas na Wing Beach. Mergulhar para observar as tartarugas da LaoLao Bay (Baía LaoLao) ou caminhar pela Saipan Beach Pathway, com quase 5 km de belas vistas. Uma das mais belas praias encontra-se em Managaha, a apenas 10 minutos de barco,, onde é possível praticar mergulho. Para além de praias, Garapan é o destino ideal para quem quer conhecer toda a variedade de restaurantes, bares, lojas e lojas de rua. Também para os praticantes,  aqui existem vários campos de golfe que proporcionam vistas incríveis do mar. Outras atrações são o Santuário Saipan Katori ou os vitrais da Catedral de Nossa Senhora do Carmo. Tiniam, outra lindíssima ilha de onde saíram os bombardeiros que atacaram o Japão  com bombas atómicas, contrastando com a sua atual tranquilidade. Embora desativada e coberta pela floresta, ainda se mantém a pista  – Runway Able e os locais de montagem das bombas, bem como os poços de onde elas foram carregadas. Também se podem ver fotografias do Enola Gay, o avião bombardeiro a ser carregado. Localizado ainda nesta pequena ilha de Tinian, encontra-se um lugar megalítico conhecido como a Casa de Taga, um impressionante conjunto de pedras verticais, todas derrubadas, com a exceção de uma. Nesta ilha a praia mais conhecida e apreciada pelos turistas é a Taga Beach, onde se pode mergulhar nas águas calmas ou, simplesmente, vislumbrar um por do sol inesquecível.

Um destino no Oceano Pacífico com paisagens exuberantes, praias deslumbrantes, lugares atrativos e memórias históricas impressionantes e bem preservadas. Toda uma série de atrativos que marcam estas ilhas.

Ilhas Marianas
  • Ilhas Marianas (MNP)
  • Região: Oceania (Micronesia)
  • Fuso Horário: +10:00
  • Denominação: American
  • Area: 464 km2
  • População: 56 940
  • Lingua: English, Chamorro
  • Moeda: United States dollar
  • Internet: .mp
  • Telefone: +1670