Suriname

Paramaribo

O Suriname (1975) é um país curioso, que alia vestígios da colonização europeia com caraterísticas claramente americanas. Limitado a Oeste pela Guiana, a Leste pela Guiana Francesa, a Sul pelo Brasil e a Norte pelo oceano Atlântico, este é um país ainda pouco explorado pelo turismo, embora seja muito rico no que toca à fauna e flora. Dividido em 10 distritos, tem em Paramaribo a sua capital.

O país tem a maior parte da sua população localizada na zona litoral, sendo o interior quase exclusivamente ocupado por tribos indígenas. Quase sem estradas, as canoas são o meio de transporte possível para chegar aos característicos povoados, com rituais muito próprios, ou então para admirar as belas florestas tropicais que dominam o país e escondem milhares de espécies de animais e plantas. Esta variedade de fauna e flora pode ser encontrada, por exemplo, na Reserva Natural do Suriname Central, Património da Unesco. Com 1,6 milhões de hectares, esta reserva protege a baía de vários rios, nomeadamente do Coppename, e integra mais de 5000 espécies de plantas e animais. O parque natural Brownsberg é mais um local ideal para os amantes da Natureza. Cascatas, trilhos e uma floresta tropical densa são as atrações do Parque. Além desta abundância de vida selvagem, existem belas e desconhecidas praias do Atlântico. É precisamente na costa Atlântica que encontramos a capital do país, Paramaribo, cujo Centro Histórico é também Património da Unesco, uma vez que mistura de forma muito peculiar a arquitetura holandesa com os materiais da região. A cidade regista uma novo e diferente estilo  arquitetónico, de acordo com os especialistas. Casas de madeira, ruas estreitas e palmeiras adornam a cidade, que tem como atrativos principais o Palácio Presidencial, a Praça da Unidade, o parque de palmeiras Palmentuin, o Forte Zeelandia, do século XVII, e ainda mesquitas, sinagogas e catedrais católicas, que refletem a harmonia religiosa do país. Há, ainda, mais uma zona de destaque. Trata-se de Albina, já na fronteira com a Guiana Francesa. O local é habitado pelo povoado do rio Maroni, ladeado por várias tribos, sendo que, para aceder a estes locais, é necessária autorização dos chefes tribais. Do rio Maroni é possível apanhar uma canoa e chegar até à Reserva Natural de Galibi, onde se avistam facilmente tartarugas.

Pouco explorado, o Suriname é um país ainda pouco tocado pela mão humana. A vida selvagem predomina, o que pode atrair os turistas fascinados pela Natureza em estado puro. O facto de misturar de forma curiosa caraterísticas de dois continentes torna o país ainda mais especial.

Suriname

  • Suriname (SUR)
  • Capital: Paramaribo
  • Região: Americas (South America)
  • Fuso Horário: -03:00
  • Denominação: Surinamer
  • Area: 163,820 km2
  • Fronteira com:
    BRA, GUF, GUY
  • População: 541,638
  • Lingua: Dutch
  • Moeda: Surinamese dollar
  • Internet: .sr
  • Telefone: +597