Bulgária

Sofia

Chamada Porta do Oriente, a Bulgária (1908), localizada na Península dos Balcãs, foi casa de 6 civilizações: a Trácia, a Eslava, a Proto-Bulgara, a Romana, a Bizantina e a Otomana. A mistura de civilizações resultou numa mistura de tradições e monumentos , que oscila entre os picos montanhosos do Sudoeste, nomeadamente o Monte Musala, o famoso Vale das Rosas, a Norte, as planícies das margens do Danúbio ou as belas praias na costa do Mar Negro.

A entrada para a União Europeia, em 2007, foi alavanca para o desenvolvimento do país, que tem em Sófia a capital. Aos pés do Monte Vitosha, a cidade apresenta ruínas de várias civilizações. Como monumentos principais destacam-se a Catedral Alexander Nevsri, a maior dos Balcãs, o Teatro Nacional Ivan Vazov, a Estátua Equestre de Alexander II, o Palácio Real, a Igreja de São Jorge, a Mesquita Banya Bashi ou a Catedral de Santo Domingo. Também não faltam nos meses de Inverno, uma belo centro de ski em Vitosha. A Sul da capital, destaque para a Igreja Boiana, símbolo máximo da arte medieval da Europa Oriental, Património da UNESCO. No Centro do país, mais uma cidade de relevo, Plovdiv, situada junto do Rio Maritza. Rodeada de colinas, a cidade é feita de ruas estreitas, apresentando vários monumentos famosos. Já na faixa costeira, afigura-se Varna, a pérola da riviera do Mar Negro, detentora do principal porto do país. Vários monumentos recheiam a cidade e, sobretudo, as praias rodeadas de bosques imponentes. Também na costa se localiza a bela Nessabar, cujo centro histórico está classificado pela UNESCO. Para os apreciadores da praia ou então das capacidades curativas das fontes termais da costa búlgara, aqui ficam mais algumas sugestões: Albena, Rusalka, Elenite, Costa do Sol, As Dunas, Burgas, Sandanski, Hisar, Pamorie, Shabla ou Balchik.

O paraíso búlgaro, desconhecido até há alguns anos atrás, consta já dos roteiros turísticos mundiais. Além da praia, o país é ainda famoso pela grande quantidade de mosteiros, nomeadamente os de Troyan, Rojen, Bachokovo e, especialmente, o de Rila, Património da UNESCO. Trata-se da maior igreja ortodoxa da Bulgária e o maior símbolo arquitetónico do país. Outra imagem identitária da Bulgária é a do Cavaleiro de Madara, uma escultura em pedra da Idade Média, rodeada de inscrições. Também esta escultura consta da lista da UNESCO. O mesmo acontece com dois túmulos famosos: o de Kazanlak (em forma de colmeia) e o de Sveshtari (cheio de altos relevos, sobretudo de figuras femininas), e ainda as igrejas rupestres de Ivanovo, igrejas monolíticos com belos frescos. A Bulgária orgulha-se ainda de ter um vasto conjunto de cidades-museu: Arbanasi (com casas tipo fortaleza), Bojentzi (onde se mistura o branco das casas e o verde dos bosques), Etara (uma vila pitoresca), Jenavra (onde se fabricam os tapetes de kotel), Koprivahititza (com belas casas do século XIX), Shiroka Laka (onde se distinguem os pátios e as chaminés das habitações), Melnik (com pirâmides resultantes da erosão) e Veliko Taknovo (onde se encontram ruínas medievais). 

Ao conjunto de património, bosques e praias há a juntar um último complemento ao paraíso búlgaro: a fauna e a flora, notável sobretudo nos parques classificados pela UNESCO: o Parque de Pirin, que abrange os lagos entre as montanhas com o mesmo nome, e a Reserva Natural Srebarna, 2 km a Sul do Danúbio e que integra a rota migratória entre a Europa e África de várias aves. São mais dois locais imperdíveis num país com tesouros para todos os gostos.

Ver foto

Bulgária
  • Bulgária (BGR)
  • Capital: Sófia
  • Região: Europe (Eastern Europe)
  • Fuso Horário: +02:00
  • Denominação: Bulgarian
  • Area: 110 879 km2
  • Fronteira com:
    GRC, MKD, ROU, SRB, TUR
  • População: 7 153 784
  • Lingua: Bulgarian
  • Moeda: Bulgarian lev
  • Internet: .bg
  • Telefone: +359