Grécia

Athens

Localizada na região Meridional dos Balcãs, no Sudeste do continente Europeu, com milhares de ilhas espalhadas pelos mares Egeu e Jónico, a Grécia é o berço da Democracia, da Filosofia, dos Jogos Olímpicos, da Literatura Ocidental e da Ciência Política. O passado do país é de uma riqueza incalculável, avaliada pelos milhões de visitantes que se deslocam a solo grego em busca dos vestígios da Antiguidade Clássica

Os testemunhos da herança histórico-cultural são tantos que se torna difícil apresentá-los. Na capital, Atenas, podemos encontrar excelentes exemplos, nomeadamente a Acrópole, Património da UNESCO. Símbolo máximo da Antiguidade Clássica do país e do mundo, localiza-se numa colina rochosa, com uma bela vista sobre Atenas. O Partenon, as ruínas dos templos, dos teatros, das portas sagradas são um dos maiores tesouros que a Grécia alberga. Além deste local, Atenas tem para oferecer vários monumentos importantes, como o Parlamento, a Praça Syntagma, o Túmulo do Soldado Desconhecido, o Museu Arqueológico, a Ágora, a Torre dos Ventos, o Teatro de Dionísio, os Jardins Nacionais, a Catedral de Atenas e os bairros típicos de Plaka, Kerameikos e Monastiraki. Muitos outros vestígios podem ser encontrados em Salónica, outro destino turístico notável. As muralhas bizantinas, o Arco de Galério, a Torre Branca, a Igreja de São Demétrio, o Museu de Tessalónica, as Praças Aristóteles, Santa Sofia ou Nea Panasia são locais imperdíveis. A não perder também os vários sítios arqueológicos classificados pela UNESCO, o de Vergina (antiga Agai, onde se encontram ruínas do palácio real, túmulos e mosaicos), o de Delphi (o mais famoso oráculo da Antiguidade, rodeado de uma bela paisagem natural), o de Mystras (com um conjunto de ruínas medievais extraordinário), o de Olympia (principal centro de culto a Zeus, com vários templos e o local onde se realizavam os Jogos Olímpicos) ou o de Mycenae e Tiryns, duas cidades mencionadas em importantes obras literárias, a Ilíada e a Odisseia. O santuário, o anfiteatro e as marcas da Antiguidade que se situam em Epidaurus também valem uma visita, assim como os Monumentos Bizantinos e Cristãos de Salónica e o Templo de Apolo Auxiliador em Bassar, na região da Arcádia, o primeiro monumento a ser classificado pela UNESCO. Património da UNESCO são também dois locais onde a mitologia fala tão alto como a beleza, Meteora, as chamadas colunas do céu, o segundo maior complexo de mosteiros da Grécia, localizados no topo de rochedos gigantes, e o Monte Athos, que goza de um regime especial e que obriga a autorização para ser visitado. Com 20 mosteiros e 1500 monges, o monte conserva vários manuscritos valiosos, apenas acessíveis à visita de pessoas do sexo masculino. 

Já fora de território continental, encontramos as centenas de ilhas deslumbrantes. Destaque para a cidade de Corfu, na ilha homónima, conhecida como cidade-castelo, também classificada pela UNESCO. O mesmo acontece como os vestígios de uma pequena ilha do Egeu, Samos, o local onde se diz que nasceu Apolo (Delos) e a cidade medieval de Rhodes, que foi cenário do Colosso de Rhodes, uma das 7 Maravilhas do Mundo Antigo. As ilhas gregas são, de facto, não apenas palco de vestígios do passado, mas também cenários idílicos para os apreciadores de águas calmas e areias finas. Santorini (com as belas casas brancas e azuis nas escarpas rochosas) foi considerada a melhor ilha do mundo, e Mykonos (uma ilha cosmopolita com várias praias de nudismo) a quinta melhor. Ambas são parte do conjunto das Cíclades, que integram ainda Naxos (onde, segundo a mitologia, nasceu Zeus) e Andros. A maior de todas as ilhas gregas é Creta, no Sul do Mar Egeu. Com cadeias montanhosas e belas praias, a ilha é uma das mais visitadas do país. Na porção meridional do Egeu ficam ainda Gavdos e Spinalonga. Samos e Quíos localizam-se na região setentrional. Ainda no Egeu, temos o Arquipélago do Dodecaneso, que integra Rhodes, Cárpatos e Cós, onde se pode visitar o plátano de Hipócrates. Neste arquipélago fica ainda a região mais oriental da Grécia, a ilha de Strongili. Cefalônia, Zaquintos (um destino especial para os amantes do mergulho), Lèucade e Citera são algumas ilhas que já estão no Mar Jónico. Da Grécia fazem ainda parte as ilhas Sarónicas, as Espórades Setentrionais e as Ilhas do Trácio, Tasos e Samotrácia. Na maior parte delas encontram-se praias deslumbrantes, que figuram em quase todo os folhetos turísticos do país, sendo muito procuradas por quem visita o país ou por quem faz um cruzeiro para conhecer as ilhas gregas. 

A beleza das praias aliada aos vestígios do berço da Antiguidade Clássica tornam a Grécia um destino único no mundo. Continua a deter o título de um dos locais mais ricos em Património Histórico, em histórias mitológicas e em belas paisagens naturais da Europa e do Mundo. A Grécia é um conjunto de tesouros, que vale a pena desvendar.

Ver foto

Grécia
  • Grécia (GRC)
  • Capital: Atenas
  • Região: Europe (Southern Europe)
  • Fuso Horário: +02:00
  • Denominação: Greek
  • Area: 131 990 km2
  • Fronteira com:
    ALB, BGR, TUR, MKD
  • População: 10 858 018
  • Lingua: Greek (modern)
  • Moeda: Euro
  • Internet: .gr
  • Telefone: +30