Eslováquia

Bratislava

Fruto do desmembramento da Checoslováquia, aquando da Revolução de Veludo, em 1993, a Eslováquia separou-se da República Checa, sendo considerados os mais jovens países do Continente. A Eslováquia, situada na Europa Central e dividido em oito regiões, é um país sem saída para o mar. 

A sua capital, Bratislava, embora não receba o mesmo número de visitantes de Praga, é rica em património histórico. O Museu Nacional Eslovaco, a Galeria de Arte Eslovaca, a Igreja Francisca, o Palácio Mirbach, de estilo rococó, o Palácio da Câmara Real, o Castelo de Bratislava ou Hrad, e a Torre Miguel, com uma bela panorâmica da cidade, são alguns locais imperdíveis na cidade que chega à margem esquerda do Danúbio, no extremo Ocidental do país. Aqui, ainda, destaque para Komárno, cidade com fortificações, pontes, as torres da Igreja de Santo Andrés, o Museu do Danúbio ou a Fortaleza Militar, que está vedada ao público. Trencin também merece uma visita, em especial o seu castelo do século XI. Na zona Central do país, mais uma cidade rica, agradável e tranquila, Žilina. A cidade é porta de entrada nas Montanhas Malá Fatra, com um belo Parque Nacional, onde a caminhada e a escalada são as atividades mais apreciadas. Não muito longe de Malá Fatra encontra-se uma aldeia classificada como Património da UNESCO, Vlkolínec, com 45 edifícios bem conservados, casas de madeira típicas de uma aldeia de montanha. Além desta montanha, não esquecer que o país é trespassado pelos Cárpatos, com o ponto mais alto a atingir os 2655 m de altitude e a ser ponto de visita dos praticantes de ski. Também nos Cárpatos, é imperdível uma visita às oito igrejas de madeira (duas católicas, três protestantes, três ortodoxas gregas e ainda um campanário), classificadas como Património da UNESCO. O mesmo acontece com as 712 grutas cársicas de Aggtelek, o maior sistema de cavernas da Europa Central, e com os bosques de faias dos Cárpatos, que também marcam presença na Eslováquia. Trata-se de mais um local Património da UNESCO, tal como a cidade Banská Štiavnica, no centro do país, com monumentos tão ricos como a Coluna da Santíssima Trindade, o Castelo Velho, a Porta da Cidade ou a Igreja Gótica de Frauenberg. Já no Leste do país, a zona turisticamente mais forte, duas cidades destacam-se: Košice, com várias igrejas de diferentes religiões, o Museu da Eslováquia de Leste, o Teatro de Leste, a antiga prisão medieval Miklos ou a Torre St. Urban’s. A outra cidade a destacar é Presov, famosa pela Fonte de Neptuno, a Catedral, as muitas casas históricas e a Igreja de São Nicolau. É também na região de Kesov que se podem descobrir mais dois tesouros da Eslováquia, a Reserva de Conservação de Bardejov, uma cidade de arquitetura artística e histórica, e a vila de Levoča, recheada de monumentos culturais que, a par do Castelo de Spiš, um dos maiores da Europa Central e que mistura os estilos românico e gótico, formam um conjunto também considerado Património da UNESCO. 

Ainda que pouco explorada, a Eslováquia é uma bela porta de entrada na Europa de Leste e um ponto imperdível para os que querem conhecer a fusão de Ocidente e Oriente, que marcam esta região do continente europeu.

Ver foto

Eslováquia
  • Eslováquia (SVK)
  • Capital: Bratislava
  • Região: Europe (Eastern Europe)
  • Fuso Horário: +01:00
  • Denominação: Slovak
  • Area: 49 037 km2
  • Fronteira com:
    AUT, CZE, HUN, POL, UKR
  • População: 5 426 252
  • Lingua: Slovak
  • Moeda: Euro
  • Internet: .sk
  • Telefone: +421